Rosemary

28 de setembro • sáb.

rose

“Fada loura” na época da Jovem Guarda, a cantora Rosemary na verdade  soube buscar seu caminho desde os anos 60. Ainda que citada por Erasmo Carlos na letra de “Festa de Arromba” e de ter sido considerada uma das divas da chamada “música jovem” nos anos 60, Rosemary trilhou séria carreira na música brasileira e, já a partir dos anos 70, estrelou diversos musicais ...” (Site jovemguarda.com.br)

Há quem considere a cantora Rosemary apenas uma das eternas musas do movimento Jovem Guarda. Ilusão. Artista irrequieta, Rosemary há muito que enveredou pelos inúmeros caminhos propostos pela refinada canção popular, realizando shows e gravando discos com repertórios surpreenden-tes. Em seu recente projeto, a mangueirense de coração homenageia as mulheres de sua escola de samba. O DVD “Mulheres da Mangueira” (2008) reúne participação de Chico Buarque, Zeca Pagodinho, Alcione, Dudu Nobre e Beth Carvalho, com repertório de canções que retratam o universo do samba carioca, percorrendo diversos gêneros musicais, passando pelo samba tradicional, bossa nova e balada. 

DISCOGRAFIA

Igual a Ti Não Há Ninguém (1964), Rosemary Feitiço de Broto (1967), Rosemary Quero Ser Sua (1974), Rose, Rose Rosemary (1976), Rosemary Na Trilha dos Amores (1988), Rosemary Mulher de Caminhoneiro (1992), Rosemary Jogo Aberto (1993), Rosemary Espelho (1996), Popularidade… Rosemary (2000), Grandes Sucessos de Rosemary (2002), Rosemary em Mulheres da Mangueira – CD e DVD (2008)